Contato

Inscreva-se

Inscreva-se para receber as novidades:

Seguidores

posts populares

flickr

Created with flickr badge.

Versão atual

Versão atual
(2015/2016) por Jess Quirino (www.jessquirino.com.br)

Na caixa



The Holiday: O amor não tira férias

Elenco: Cameron Diaz (Amanda Woods); Eli Wallach (Arthur Abbott); Jack Black (Miles); Jude Law (Graham Simpkins); Kate Winslet (Iris Simpkins); Rufus Sewell (Jasper Bloom); Edward Burns (Ethan Ebbers)

Direção: Nancy Meyers

No Filmow: http://filmow.com/o-amor-nao-tira-ferias-t3044/


Pensei muito sobre qual assunto falaria primeiro no blog... Acontece que eu ainda estava na ressaca de "The Holiday", então esse foi o filme escolhido para começar! E não tenho intenção de resenhar, mesmo porque existem inúmeros blogs por aí que fazem isso, então, decidi apenas falar sobre o que eu senti vendo o filme!

Posso dizer com 100% de certeza que o que mais gostei foi a linda homenagem ao cinema!

Todos os personagens principais do filme são ligados com esse ambiente de cinema, de roteiro, de livros, de música, enfim... Kate Winslet interpreta Iris Simpkins, uma escritora da coluna de casamentos do Daily Telegraph, de Londres; Jude Law interpreta Graham Simpkins, irmão de Iris, que trabalha como editor de livros; Cameron Diaz faz o papel de Amanda Woods, uma editora de trailers; Edward Burns (Ethan Ebbers) e Jack Black (Miles) são compositores e... Eli Wallach, que interpreta o maravilhoso Arthur Abbott, um renomado roteirista da Era de Ouro de Hollywood...

Justamente por essa homenagem ao cinema é que a questão do romance fica em segundo plano. Talvez isso apenas em minha opinião, e talvez por gostar tanto de cinema eu veja dessa forma, mas... é tanta coisa realmente BONITA que acontece no filme que a paixão, o romance e todo o resto fica como um "plus" no meio disso tudo... e é por isso que, mesmo aqueles que não curtem comédia romântica, se gostam de cinema tanto quanto eu, vão gostar desse filme!

Coisas aleatórias que chamaram minha atenção:

(I) as menções. Nesse filme menciona-se muita coisa da qual sou apaixonada: O filme Casablanca, ouvir falar sobre a época de Ouro de Hollywood, Cary Grant, Enio Morricone, Vangelis...

(II) a trilha sonora de Hans Zimmer. Hans Zimmer é, para mim, o melhor compositor da atualidade. Gosto tanto dele que nem cabe falar aqui, vai ficar para uma futura sessão do "Lembre Sempre". Ele é demais!

(III) Clima + feriado perfeito: Inverno e Natal! Duas coisas pelas quais sou apaixonada! O filme se passa em Los Angeles, mas também em Surrey, Inglaterra. Locais como Califórnia, Godalming, Wonersh e Shere foram utilizados para as filmagens. O local onde a personagem de Kate Winslet é simplesmente maravilhoso...você tem o prazer de ver Kate Winslet com trajes de inverno, simples, porém bonitos, de touca, muito linda! E aí você vê Jude Law de óculos e manta... e você vê Cameron Diaz coberta de neve! Sem contar nas delícias que ela compra no mercadinho fofo de Surrey...


Kate Winslet e a diretora Nancy Meyers
Jude Law, um charme de óculos e manta!
Cameron Diaz...

...e suas comprinhas em Surrey.
(IV) Trilha sonora "extra". Já falei que Hans Zimmer é maravilhoso e compôs várias coisas lindas para esse filme... mas a trilha sonora "extra", digamos, também foi digna de aplauso: Aretha Franklin, Brenda Lee, Darlene Love, Stevie Wonder, Ella Fitzgerald, Jet, The Corrs, The Emotions, The Killers, The Smiths, The Spinners, Chantal Kreviazuk, The Ronettes, Cheryl Lynn, Wham!. Pode-se dizer, sem dúvida, que foram escolhidas a dedo, inseridas com cuidado no meio da trama. Logo após ver o filme corri para baixar a trilha e até hoje está no meu celular...

(V) Arquitetura. NÃO HÁ COMO NÃO SE APAIXONAR PERDIDAMENTE ao ver as casas de Amanda Woods (Cameron Diaz), Iris Simpkins (Kate Winslet), Arthur Abbott (Eli Wallach) e Graham Simpkins (Jude Law). Nem vou falar muito, só mostrar:

Rosehill Cottage - A Casa da Iris Simpkins (Kate Winslet)
Rosehill Cottage
A casa de Amanda Woods (Cameron Diaz)
A casa de Arthur Abbott (Eli Wallach)
No cantinho, como quem não quer nada, a estatueta do Oscar de Arthur Abbott (Eli Wallach)
A casa de Graham Simpkins (Jude Law)
(VI) Crianças. Para quem gosta de crianças, também vai ter um ataque de fofura ao conhecer as moças Olivia (Emma Pritchard) e Sophie (Miffy Englefield). Elas interpretam as filhas de Graham (Jude Law). São lindas, queridas, engraçadas, fofas!

Sophie e Olivia (Miffy Englefield e Emma Pritchard)
(VII) Sincronia. O filme é coerente, sincronizado. Percebe-se uma preocupação em mostrar a diferença de fuso horário de Los Angeles para Surrey. O que Amanda Woods está fazendo em Surrey... O que Iris Simpkins está fazendo em L.A... Tudo foi feito com muito cuidado e isso é perceptível e importante para quem está assistindo.

Bom, Nancy Meyers tem meu respeito! Soube dirigir um filme de uma maneira tão simples, tão elegante, tão AMÁVEL. Se eu pudesse escolher uma palavra para esse filme, com certeza, seria essa.

Até o próximo post!

3 comentários:

  1. Olá! Obrigada pela viista ao meu blog! Já estou a seguir o teu! Por acaso ainda não vi este filme!! Tenho de ver!
    beijuinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha ouvido falar do filme, mas não de maneira profunda. Juro que também amei a ideia da homenagem ao cinema e já deu super vontade de assistir. Tenha um final de semana abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula!!
      Ahhh esse filme é beeem bom, veja e depois me conte o que achou :) Eu gosto bastante!

      Abraços!

      Excluir

Deixe sua mensagem!