Contato

Inscreva-se

Inscreva-se para receber as novidades:

Seguidores

posts populares

flickr

Created with flickr badge.

Versão atual

Versão atual
(2015/2016) por Jess Quirino (www.jessquirino.com.br)

Na caixa



Em busca do sentido da vida

Olá! Olá para todos!

Passei um bom tempo longe hã... e que tempo... eu que sonhei tanto com esse blog me assustei ao entrar e ver que meu último post foi em fevereiro... muita coisa aconteceu... mas o que importa mesmo é que nunca esqueci do meu blog, nem do quanto sonhei com ele, nem das coisas que eu sempre quero escrever aqui! Nem posso dizer que "Hey, voltei! voltei!"... mas posso dizer que o tempo que estou aqui é mágico para mim.

Durante esse "tempo neutro e vazio" uma vontade sempre esteve presente em mim... LER. Eu que sempre fui fanática por filmes e séries relaxei... deixei me levar pelo cansaço diário e perdi aquele ânimo de ver um filme, ou de ver uma série, ou de ser fiel ao Filmow e cadastrar tudo conforme sempre fazia... E chega até a ser coincidência (ou não) o fato de eu ter "voltado ao meu normal" com a ajuda de um livro: "Em busca do sentido da vida", de Augusto Cury.

Um antigo colega de trabalho me emprestou o livro e ele sempre estava lá...me encarando... na cabeceira da cama... como que dizendo: "Quando vai ser?", "Quando vai me ler?" "Tô mofando aqui", ou coisas parecidas... e isso me incomodava... ver aquele livro com aquela história interessante e aquele título curioso parado na cabeceira da minha cama há meses me incomodava... eu PRECISAVA ler. Eu PRECISAVA voltar. Precisava organizar meu computador, organizar minhas senhas, organizar meu Filmow, voltar a ler, voltar a estudar, voltar a comer direito, voltar para o blog, voltar para a minha vida! Organizar a minha vida!

E então os dias passaram...

E eu não mudei.

Continuava deitando na cama, com os olhos fixados no livro antes de finalmente apagar a luz (e apagar a mente), e dormia.

Muitos dias passaram... meses...

E finalmente eu abri o livro e comecei a ler... li um, dois capítulos... desisti.

E como se existisse um martelo batendo incessantemente na minha cabeça e dizendo: "vai, vai, vai"...eu fui. Abri o livro novamente... eu queria ler esse livro...eu queria voltar ao meu ritmo, ao meu normal... mas quando abri o livro já havia esquecido os primeiros dois capítulos, então reiniciei...

Acredito que foi a melhor sensação... reiniciar. Foi ali que me empolguei e li sete capítulos... me empolguei e organizei meu Filmow... me empolguei e organizei meu computador, minhas senhas... posso dizer com certeza que este livro foi o responsável por MOVER minha vida... impulsionar. Nunca será esquecido! E eu tenho quase certeza que o título da obra foi de suma importância para a minha mudança... se organizei minha vida? Esquece! Não é tão fácil, simples e rápido assim... mas com certeza eu me MOVI. Sai da minha inércia. Uma sensação muito boa... de renascimento.

Eis então livro:


BREVE SINOPSE: O romance de Augusto Cury é de muitas formas interessante. Conta a história do professor Júlio Verne, célebre intelectual porém asfixiado pela rotina, fama e conforto (igual o meu conforto!!!). Sua vida não tem sentido existencial nobre. Então em busca desse sentido existencial, concorda em participar de uma incrível experiência tecnológica: viajar no tempo e impedir que a Segunda Guerra Mundial aconteça!

A MORAL POR TRÁS DA OBRA: Estou realmente no início do livro mas já posso dizer que é de uma profundidade extrema... aborda, desde seu prefácio, que a educação no Brasil está entre as piores do mundo, e que a educação que o autor propõe é a que contempla "funções mais complexas da inteligência, como educar a emoção, gerenciar pensamentos, pensar como espécie, colocar-se no lugar dos outros, pensar antes de reagir, resiliência" e que essa educação coloca todas as grandes nações em péssimos lugares, mesmo os países mais ricos e desenvolvidos.

O autor aponta que descobriu em seus estudos duas síndromes, a síndrome do circuito fechado da memória e a síndrome do pensamento acelerado (SPA), as quais implicam dificuldades de se colocar no lugar do outro, pensar antes de reagir, fadiga excessiva, dores de cabeça, dores musculares, irritabilidade, baixo limiar para suportar frustração, sofrimento por antecipação e déficit de memória ou esquecimento. Disse que raramente não encontraremos alguém afetado nas sociedades modernas, das crianças aos adultos. Acrescenta, com sabedoria: "O ideal seria que hoje a educação da emoção se fizesse presente desde a educação infantil até o mestrado e o doutorado".

Um livro incrível, com certeza.

Do último trecho que li, me encantei com outra afirmação: "O Homo Sapiens, quando não sabe se colocar no lugar do outro e não pensa antes de agir, comete atrocidades de dar inveja aos mais ferinos predadores".  E não é a pura verdade? Quanta coisa horrível vemos acontecer diariamente?

Jamais podemos subestimar o que houve na Segunda Guerra Mundial e nem podemos falar muito sobre o assunto porque jamais saberemos o sofrimento que foi além das pessoas que de fato vivenciaram aquilo tudo. Mas é preciso pensar nos dias atuais... estamos pensando no outro? estamos nos colocando no lugar do outro? Devemos ter cuidado com a nossa emoção... com as nossas relações... e com a educação que temos... com a educação que repassamos às crianças que nos rodeiam... precisamos ser mais humanos, a sociedade pede hoje mais humanidade.

Além do cuidado com nossa emoção... acredito que devamos ter cuidado com as informações que absorvemos. Precisamos aprender a filtrar, nessa era tão tecnológica (e recheada de confortos que nos fazem enfraquecer intelectualmente) as notícias que lemos, as fotos que vemos, o que ouvimos, o que repassamos... pois do contrário estaremos cheios de informações e vazios de conteúdo, miseráveis de sentimentos, enfraquecendo e subvertendo cada vez mais nossa emoção.

É bom estar aqui para voltar a desabafar, enfim.

Até o próximo post!

12 comentários:

  1. AUGUSTO CURY escreve livros que são maravilhosos.
    QUERO LER ESSE ♥
    Beijinhos ;*
    Blog Menina Caprichosa | Canal Youtube | Facebook | Insta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Alanna!
      Sim, o Augusto Cury é um ótimo escritor, um dos grandes da atualidade, sou bem fã também :)

      Obrigada pela visita!
      Abraços
      Caixa de Anne

      Excluir
  2. Texto maravilhoso.
    Ótimo poste.
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Gabriele!
      Obrigada *-*
      obrigada mesmo pela visita e pelo comentário
      e se puder ler o livro um dia, leia, é maravilhoso :)

      Abraços!
      Caixa de Anne

      Excluir
  3. Fiquei com muita vontade de ler o livro, parece ser incrível.
    Seguindo seu blog e te convido a conhecer o meu. :)

    Blog Mais Feminice | FãPage | Canal do Youtube | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Djessica! Que legal :) Leia simmm vc vai gostar!

      Obrigada pela visita e por seguir meu blog, certeza que já estou indo ver o seu! *-*
      Abraços!
      Caixa de Anne

      Excluir
  4. Ja quero lê ♥
    beijos
    http://www.tatycamposblog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Taty!
      Fico feliz em saber rsss pode ler que é mtooo bacana :)

      Abraços!
      Caixa de Anne

      Excluir
  5. Fiquei curiosa
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Magda!!!
      Leia, garanto que vai amar!

      Abraços!
      Caixa de Anne

      Excluir
  6. Que texto e que indicação maravilhosa, Anne! Parabéns.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kaila!
      Obrigada pela visita :)
      E obrigada pelo comentário *-*
      Abraços!
      Caixa de Anne

      Excluir

Deixe sua mensagem!